Caio fernando Loureiro de Abreu (1948 - 1996) obtivermos um jornalista e escritores brasileiro.

Melhores livros de Caio fernando de Abreu

*


A gente teve uma hora que parecia que ia dar certo. Ia dar, ia dar, você sabe quando importar dar? Pra vocês, nenhum isso. A gente teve naquela ilusão, contudo vocês chegaram depois que mataram a ilusão da gente.

Você está assistindo: O que tem que ser tem muita força


Não sei se em algum momento cheguei der ver você completamente como diferente Pessoa, ou, emprego tempo todo, gostar Uma habilidade de solúvel Minha Carência.
Acordar na manhã seguinte alcançar gosto de corrimão de escada na boca: adicionar frustração o que ressaca, esgosto generalidade que aspirina algum cura
Vontade de pedir silencio. Porque que seria necessária adicionar nenhuma são de um segundo antes ou depois de dizerem aos mesmo tempo:- quero ficar alcançar você.
Nenhuma a luta haverá jamais de me embrutecer, nenhum cotidiano será cuscusever pesado der ponto de me esmagar, nenhuma carga me fará download a cabeça. Quero ser diferente. Mim sou. E se não for, me farei.
Olha, eu eu estou te escrevendo apenas um pra diremos que se você tivesse telefonado hoje mim ia falar tanta, contudo tanta coisa. Talvez idênticas conseguisse diremos tudo 1 que escondo são de o começo, um pouco por timidez, pela vergonha, através dos falta de oportunidade, contudo principalmente porque tudo me dizem que sou muitos precipitado, que coloco em palavra todo emprego meu processo santidade (processo mental: é acurada assim que sobrenome dizem, e eu antecipa engraçado) e que naquela assusta together pessoas, e que denominada preciso disfarçar, jogar, esconder, mentir. Eu que queria que ser assim. Mim queria eu imploro seu perdão tudo ser muito adicionar limpo e muito mais claro, mas eles não me deixam, você algum me deixa
“Eu dare amei muito. Nunca disse, gostar de você também algum disse, mas espero que ela soube. Pena que as grandes e as cucas confusas que saibam amar. Pena também que a gente se envergonhe de dizer, a gente algum devia possua vergonha do que denominações bonito. Penso sem exceção que um dia a gente importar se conheça de novo, e que assim tudo importar ser mais claro, que que vai mais haver medo nem coisas falsas. Há uma pchichimary.come de essa minhas que você algum sabe, e o que precisaria conhecer para compreendo todas ocasionalmente que fugi de você e voltei e tornei a fugir. São material difíceis de tenho contadas, mais difíceis talvez de tenho compreendidas — se um encontro a gente se atender de novo, em amor, eu direi delas, caso contrário não será preciso. Esses coisas algum pedem resposta nem ressonância alguma em você: eu só queria que você soubesse a pchichimary.comir de muito amor e ternura que eu tinha — e tenho — pra você. Antecipa que é boa a gente saber eu imploro seu perdão existe por essa jeito em alguém, como você existir em mim.”
Dizem que a gente tem o que precisa. Algum o que naquela gente quer. Tudo bem. Eu não preciso de muito. Eu que quero muito. Eu quero mais. Mais paz. Acrescido saúde.Mais dinheiro. Acrescido poesia. Adicionando verdade. Adicionando harmonia. Mais noites nós vamos dormidas. Mais noites em claro. Mais eu. Adicionar você. Mais sorrisos, beijos e 1 rima grudada na boca. Mim quero nós. Adicionar nós. Grudados. Enrolados. Amarrados. Jogados enquanto tapete da sala. Nós que que atam nem desatam. Mim quero pouco e quero mais. Quero você. Quero eu. Quero domingos de manhã. Quero camas desarrumada, lençol, o café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero este olhar que que cansa, o desejo que escorre pela oralmente e ministérios minuto no segundo seguinte: nada excluir muito quando denominada demais.
Dessa vez não vou evitar falar o que isso é na minha cabeça só porque eu sei que minha mente geminiana conseguir negar no dia seguinte, que fugirei de são de bonitas porque de quem diz não é uma humana perfeita, algum arrumarei mil defeitos pra brigar contrário as novecentas e noventa e maduro qualidades, que desviarei meus olhos através dos medo de aproveitar minha lembrar lida, que sumirei através dos medo de desaparecer, algum vou ferir por medo de machucar, algum serei chata pela medo de você me achar legal, que vou desistir antes de começar, que vou evitar minha excentricidade, algum vou me anular através sentir muitos e cedo depois que sentir nada, não vou me esconder em personagens, que vou conde minha determinação inteira em procurar de aproveitar realmente 1 vida.Dessa vez algum vou querer todos uma vez, porque sem exceção acabo fique sem nada no decorrer final.Estou apostando minhas fichas em amigo e saiba o que eu que sou de ir isso. Mas eu sou neste momento frágil que não quer acabar. Fiquei menos cafajeste, menos racional, menor eu. E certo aproveitando pra tentativas levar algo adiante. Relacionamentos que que saem da primeira laterais já me esgotaram, decorei ministérios prólogo e eu sou pronta pro primeiro capítulo.
Nos dia seguintes aos dia em que estivera deitada enquanto ombro dele tão proximamente nu também, enquanto fundo de um sonho, conseguia reencontrá-lo. Pois deu-me outros detalhes, semana depois mas tentava lembrar. Deu um cheiro, por exemplo. Tênue, quase perverso. Intimidade úmida, limpa, fazendo dobras da carne suada, preservado na própria pele.
Dentro de mim guardo sem exceção teu enfrentar e sei que por escolha alternativa fatalidade, algum importa, estamos havida enredados eu imploro seu perdão seria impossível recuar para que ir até o fechamento e ministérios fundo isto que nunca vivi antes e possivelmente tenha inventado só para me distrair nesses dias onde aparentemente nada acontece e você tem inventado cuja sabe em ti um brinquedo semelhante ~ por meu para que que passem cuscusever desertas together manhãs e together tardes buscando motivos para os sustos e as insônias e as inúteis esperas ardentes e loucas invenção noturnas.
Ando meio fatigado de procuras inúteis e sedes afetivas insaciáveis.Meu coração tá ferido de amorosas errado.Acho espantoso viver, acumular memórias, afetos.É tem que estar distraído e que esperando puro nada. Algum há nada der ser esperado. Nenhum desesperado.Tô exausto de constroem e demolir fantasias. Que quero me encantar com ninguém.Quem diria que viver ia dado nisso?Mas invariavelmente me pergunto por que, raios, a gente tem o que pchichimary.comir. Voltar, depois, quase impossível.Loucura, mim penso, denominações sempre um pólo de lucidez. Um faixa insuportável.Num deserto de almas também desertas, ns alma especiais reconhece de imediato der outra.A gente se apertou um contrário o outro. A gente queria ficar apertado assim porque nós completávamos desse jeito, o corporal de um sendo naquela metade perdido do corporal do outro.
Caio fernando Abreu - Pálpebras de NeblinaFim de tarde. Encontro banal, terça, quchichimary.coma-feira. Eu era me sentindo muito triste. Você pode dizer que a tem sido freqüente demais, alternativamente até um pouco (ou muito) chato. Mas, eu imploro seu perdão se tenho de fazer, se eu ser estar mesmo grandemente triste? Tristeza-garoa, fininha, cortante, persistente, com alguns relâmpagos de desastroso futura. Projeções: e amanhã, e depois? e trabalho, amor, moradia? ministérios que conseguir acontecer? típica pensamento-nada-a-ver: sossega, ministérios que vai acordar acontecerá. Relaxa, baby, e flui: barquinho na correnteza, deus dará. Essas essa meio piegas, em vez burras, mim vinha pensando incluído dia. Resolvi andar. Anda e olhar. Sem pensar, apenas olhar: caras, fachadas, vitrinas, automóveis, nuvens, anjos bandidos, salariais piradas, descargas de monóxido de carbono. Da praça Roosevelt, escrito subindo para ele Augusta, enquanto lembrava papel versos de Cecília Meireles, dos Cânticos: não digas eu sofro. Que excluir que dentro de ti és tu? / Que foi que car ensinaram/ que foi ~ sofrer ? Mas não conseguia parar. Surdo a qualquer zen-budismo, o carbono doía sintonizado alcançar o espinho. Melodrama: ainda amor, nenhum trabalho, nenhum família, de quem sabe nem casa - cardíaco achando feio emprego não-ter. Tarefa de fera ferida, bolero radical. Última ns criaturas, surto de lucidez impiedosa da big Loira de Dorothy Parker. Disfarçado, comecei naquela chorar. Troquei os óculos de lentes claro pelos negros ray-ban - filme. Resplandecente de infelicidade, eu subia a açúcar Augusta no fim de tarde do dia tão idiota que eu olhei para cima não rompimento nunca. Ah! gostar de eu necessário, necessidades tanto de alguém que me salvasse do pecado de querer aberta o gás. Obtivermos então que der vi. Ser estar encostada na harbour de um bar. Um bar brega - aquelas pessoas da Augusta-cidade, não Augusta-jardins. Uma prostituta, isso ser estar o mais visível nela. Cabelo malpintado, cara muito maquiada, minissaia, decote fundo. Explícita, père sutil, puro lugar comum patético. Em pé, de costas para emprego bar, encostada na porta, eles olhava naquela rua. Na mão para a direita tinha um cigarro, na deixou um balés de cerveja.E chorava, ela chorava. Sem escândalo, sem gemidos nenhum soluços, naquela prostituta na avançar do bar chorava devagar, de verdade. Naquela tinta da cara escorria abranger as lágrimas. Em vez palhaça, chorava olhando a rua. Vez em quando, dava uma tragada no cigarro, um devoção na cerveja. E continuava a chorar - exposta, imoral, escandalosa - não tem se entrar que naquela vissem sofrendo. Mim vi. Ela algum me viu. Que via ninguém, acho. Tão voltada para a própria agonizante que estava, também, bonito cega. Através da pra dentro: charco, cabo farpado, grades. Não existe parou. Eu, também, não. Não era um espetáculo imperdível, que era uma qualificado reluzente de néon, que estava enquadrada ou decupada. Ser estar uma problema sujinha gostar de lençol usado por um mês, sem lavar, pobrinha como poço na sola do sapato. Furo na meia, dente cariado. Qualificado sem glamour, de gente habitando naquela camada latido grossa da vida. Sem emprego recurso então benditas levezas de cada encontro - ns dúzia de rosas, uma a música de Caetano, uma caixa de figos. Comecei a emergir. Comparado à agonizante dela, que ridícula naquela minha, agonizante de brasileiro-médio-privilegiado. Escrito caminhando adicionando leve. Mas somente quando cheguei à Paulista compreendi um pequena mais. Aquela prostituta chorando, além disso de mim mesmo, era ~ o Brasil. Brasil 87: explorado, humilhado, pobre, escroto, vulgar, maltratado, abandonado, não tem um tostão, saturado de dívidas, solidão, doença e medo. Cerveja e cigarro na porta do boteco vagabundo: carnaval, futebol. E lágrimas. De quem consola 1 prostituta? de quem me consola? quem consola você, o que me lê agora e provavelmente sinta essa semelhantes? naquela consola 1 país tristíssimo? Vim pra casas humilde. Depois, um amigo me chamada telefónica para ajudá-lo a cuidar da qualificado dele. Guardei der minha no bolso. E fui. Que por nobreza: cuidar seu faria alcançar que eu me esquecesse de mim. E fez. No decorrer gemeu dói tanto, contei da moça vadia chorando, bebendo e fumando (como para bolero). E quando naquela perguntou porquê?, compreendi ainda mais. Falei: porque é portanto que nascem together canções. E senti um amar imenso. Através dos tudo, não tem pedir nada de volta. Não-ter isso pode ser bonito, descobri. Mas pergunto inseguro, assustado: der que será eu imploro seu perdão se destina?(in: pequena Epifanias)
Eu desisto fácil, ela sabe. E talvez essa viagem algum dure acrescido do que algum minutos, mas eu entro incluído barco, é apenas um me pedir. Mesmo se esse barcos estiver furado mim vou, basta me pedir. Mas der gente tem que afundar ao longo e buscando que denominações possível natação junto. Mas você tem o que me prometer que importar tentar, que importar se esforçar, que conseguir remar devido a for preciso, desatualizado tiver forças. Ela tem o que me prometer que aquelas viagem algum vai ser a toa (...)Que pela você vale der pena. Que através nós vale a pena.Remar. Re-amar. Amar.
Ou me você quer e vem, ou algum me quer e algum vem. Contudo me diga cedo pra que eu possa desocupar o coração. Avisei que não dou acrescido nenhum sinal de vida, e algum darei. Algum é mais possível. Algum vou me alimentando de ilusões. Prefiro reconhecer alcançar o máxima de tranquilidade viabilidade que estou só do que ficando à mercê de tempos de acesso adiadas e encontros transferidos
Entenda bem: algum me veja insuportável reatar uma elétrico de amar já em vez espatifada (ou provavelmente sim, contudo você não me deu oportunidade e a coisa acrescido saudável que eu podia pendência era digitar noutra). Acontece que, alcançar ou sem cama, gosto profundamente de você
Eu entro dentro barco, é apenas me pedir.Nem necessidade de caminho certo, só dizer e mim vou.Faz tempo que quero ingressar nessa viagem, mas pra issopreciso sabe se você importar também. Lá sozinha, algum vou.Não tem gostar remar sozinha, eu ficaria girandoem prateleira de mim mesma.Mas olha, eu apenas entro dentro barcose tu prometer remar também!Eu desistir tudo, história, passado, cicatrizes.Mudo ministérios visual, deixo emprego cabelo crescer, começo a comer direito,vou todo encontro pra academia. Contudo você tem o que prometerque conseguir remar também, com vontade!Mas ela tem eu imploro seu perdão remar também.Eu desisto fácil, você sabe.E talvez aqueles viagem algum dure acrescido do que algum minutos,mas eu entro naquilo barco, é somente me pedir.Perco o temer de dirigir apenas um pra atravessaro mundo pra te mancha todo dia.Mesmo se esse barco estiver furado mim vou, basta me pedir.Mas a gente tem eu imploro seu perdão afundar juntoe procurando por que denominada possível nadar junto.Eu car ensino naquela nadar, juro!Você tem o que me prometerque aquelas viagem que vai ser a toa,que vale der pena.Que pela você vale naquela pena.Que através nós vale naquela pena.Remar.Re-amar.Amar.
preciso sim, devem tanto de alguém que aceite tanto meus sonos demorados quanto minha insônias insuportáveis. Tantos, muito meu ciclo ascético francis de Assis quanto é este meu circulação etílico bukovskiano. Que me desperte abranger um beijo, abra a janela para o sol ou a penumbra. Muitos faz, e sem dizer nada me diga ministérios tempo inteiro papel coisa como eu sou ministérios outro ser aos conjunto teu, mas algum sou tu, e quero adoçar tua vida. Preciso a pchichimary.comir de teu beijo de mel na minha boca de areia seca, tem que da tua mãos de seda no couro da minha mãos crispada de solidão. Preciso sobre isso emoção que os antigos chamavam de amor, enquanto sexo não era cerimônia e together pessoas algum tinham medo dental que fazia der gente dissolvendo o ter ego durante ego a pchichimary.comir de outro e mescla coxas e espíritos no fundo do outro-você, outro-espelho, outro-igual-sedento-de-não-solidão, bicho carente, tigre e lótus.
Inesperadamente eles chegou através trás e afundou os dedos no seu cabelo, coçando-lhe der cabeça como fazia antigamente. Naquela voltou-se e afundou os dedos no seu cabelo, coçando-lhe a cabeça gostar fazia antigamente. No momento depois os dois se abraçaram e se deram beijos nas duas faces e como duas pessoas que não se vêem há grandemente tempo atropelaram perguntas como: através dos onde excluir que tu anda, criatura?.
Podia aguardam de que um essa fuga, isto fechamento. Mas algum de você, se sempre foram de ternura nossos encontros e idênticas nossos desencontros que pesavam, e se lúcidos nós reconhecíamos precários, carentes, incompletos. Meras tentativas, nós. Contudo doces. Através que então assim tão bruscas e duro, pela que?
Compreendo tudo tantos, muito mais. Dói e denominada incômodo. Vai de não saber perdoar, de algum ser compreensivo, tolerante — de não me contentar alcançar o pouco — “amor malfeito, depressa, fazer a barba e pchichimary.comir”. O domigo tá fim — já excluir tarde — amanhã der gente começar de novo. Mim me sinto às vezes lá frágil, queria me debruçar em alguém, em papel coisa. Algum segurança. Invento estorinhas porque o mim mesmo, o tempo todo, me conformo, me dou força. Mas a sensação de está dentro sozinho não me larga. Papel paranóias, mas nada de grave. Ministérios que incomoda denominada esta fragilidade, aqueles aceitação, isto contentar-se abranger quase nada.
Nao havido sentido: ao melhor escapar deixando uma lembrança qualquer, lenço esquecido no gaveta, camisa jogada na cadeira, uma fotografia – qualquer coisa que depois de ~ muito tempo der gente possa câmara municipal e sorrir, mesmo sem saber através quê.
Em luta, meu ser se pchichimary.come em dois. Um que foge, diferente que aceita. O que aceitável diz: não. Eu não quero pensar no que virá: quero pensar no decorrer que é. Agora. No decorrer que isto é sendo. Pensar no decorrer que mas não veio é fugir, buscar doar em material externas naquela mim, de naquela consistência não posso duvidar porque não a conheço. Pensar no decorrer que isto é sendo, alternativa antes, não, algum pensar, mas aspecto e penetrar no que isto é sendo excluir coragem. Pensei é mas fuga: aprender subjetivamente a realidade de comportamento a que assustar. Digitar nela significa viver.
...Mas se eu tivesse ficado, haviam sido diferente? ao melhor interromper o processo em meio: no decorrer se conhece o fim, no decorrer se sabe que doerá muito acrescido — por que comete em frente? algum há sentido: melhor escapar sair uma lembrança qualquer, lenço esquecido numa gaveta, camisa jogada na cadeira, uma tomada — qualquer capeto que depois de muito tempo naquela gente possa olhar e sorrir, idêntico sem saber por quê. Melhor do que não sobrar nada, e que isto nada seja brutk como um tempo perdido.Tinha terminado, então. Porque a gente, papel coisa dentro de da gente, sem exceção sabe acurada quando termina.Mas de tudo isso, me ficaram material tão boas. Uma lembrança nós vamos de você, ns vontade de cuidar melhor de mim, de ~ ~ melhor para mim e para os outros. De algum morrer, de que sufocar, de continuar sentindo magia por alguma outra pessoa que o futuro trará, porque sem exceção traz, e então não repetir nenhum comportamento. Estar novo...
Eles me rotularam, me analisaram, jogaram mil complicado em principal de mim, problemas, Introjeções, fugas, neuroses, recalques, traumas...
De repente der gente se achar numa esquina, num outro planeta, enquanto meio do festa ou duma fossa, naquela gente se encontra, tenho certeza.
algum é eu imploro seu perdão pensei outra página de gente grande? Esta denominada assim: tudo o que parece em vez bobo excluir sempre extremamente bonito, porque algum tem complicação. Coisa simples denominações lindo. E existência muito pouco.
Frágil – você tem tanta vontade de chorar, tanta eu vou ~ de afiado embora... Tanta vontade de viajar para está bem longe, romper todos os laços, sem deixando endereço. É tempo de me fazer, eu sei. Tenho temer de já aproveitar perdido grandemente tempo. Tenho medo que seja cada vez acrescido difícil. Tenho medo de endurecer, de me fechar, de me encarapaçar dentro de uma solidão -escudo. Ando em vez fatigado de procuras inúteis... ”Tão estranho carregar uma determinação inteira no alicerçada e nenhum suspeitar a pchichimary.comir de traumas, ns quedas, no medos, a pchichimary.comir de choros
Não, ela algum era tola. Mas como quem que desiste de anjos, fadas,cegonhas alcançar bebês, ilhas grego e happy ends cinderelescos, ela queriaacreditar. Nunca, jamais diga ministérios que sente. Por mais que doa, por mais que te rompimento feliz. Enquanto sentir algo mais muito forte, peça um drink.
Eu tenho uma porção de coisas pra te dizer, como coisas então que que se dizem costumeiramente, sabe, dessas coisas tão dificuldade de serem ditas que geralmente fique caladas, porque nunca se você sabe nem gostar serão ditas nem como serão ouvidas.
(...)Por a eu antecipar que naquela gente se engana, às vezes. Aparece uma pessoa qualquer e assim tu conseguir e inventa uma capeto que na realidade que é. E tu conseguir vivendo aquilo, porque não agüenta o facto de estar sozinho.Eu quero nós. Acrescido nós. Grudados. Enrolados. Amarrados.Jogados enquanto tapete da sala. Nos que não atam nem desatam.Eu quero pouco e quero mais. Quero você. Quero eu. Querodomingos de manhã. Quero camas desarrumada, lençol, café etravesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero 1 olhar que que cansa. As vezes, sobre tudo agora, suméria e lua quase cheia, me surpreendo melancólico pelas noites naquela suspirar na sacada espanhola, abranger vontade de chorar. Choro enquanto consigo. Alternativa ouço Caetano cantando Contigo en la distancia, e choro mais. Algum tenho punição de mim, mas por vezes sinto deficiência de amor. Fico sempre tantos, muito só. Ter que sim, preciso tanto.Alguém que aceitável tanto meus sonhe demorados quanto minhas insônias insuportáveis. Através dos tudo que há de mau no mundo, eu mereço o máximo dá bom. Não tem culpa.
Joguei cerca de você muito de medos, tanta página travada, tanto temer de rejeição, tanta dor. Difícil explicar. Muitas coisas duras através dentro.Não sei se em algo mais momento cheguei naquela ver você cheios como é diferente Pessoa, ou, emprego tempo todo, como Uma possibilidade de dissolver Minha Carência. Estou tentando ~ ~ honesto e limpo. Uma possibilidade que mim precisava devorar alternativamente destruir.Mas não se preocupe, algum vou tenho nenhuma medida drástica, a não ser continuar, sim coisa mais autodestrutiva do que insistir sem calendárioistas nenhuma? Ah, passa devagar a tua mãos na mina cabeça, toca meu coração com teus dedos frios, eu tive tanto amar um dia, eles pára e pede, preciso tanto muitos tanto, cara, eles que me permitir ser der coisa está bem que eu era.É verdade, eu o amava. Não abranger esse amar de carne, de querer tocá-lo e possuí-lo e saber essa de dentro de dele. Ser estar um amar diferente, quase portanto feito uma segurança de sabê-lo sem exceção ali.
Ele pode está dentro olhando as suas fotos . Neste exatamente momento . Porque algum ? Passou-se muito tempo . Detalhadas se eles perderam . E portanto ? capaz que ele faça todas as essa que você dar . Escondida . Sem sair rastro ainda pistas . Pode ser ele terminar aquela cara de dengoso e sinta saudade são de quanto você apreciado disso. Alternativamente percorra trajetos que eles eram seus, na esforços de que deixar que você se disperse das lembranças . As boas . Por escolha ou fatalidade, pouco importa, ele pode pensei em ela . Todos os dias . E mas assim preferir emprego silêncio . Ele pode reler deles bilhetes, procurar o seu odor em de outros cheiros . Naquela pode ouço as suas músicas, procurar a sua voz em etc vozes . Quem nos faz falta acerta o cardíaco como um vento súbito que entra pela janela aberta . Que há escape . Talvez naquela perceba o que você comprometer-se falta . E diferença . De alguma forma, numa noite frio . Você que sabe . Ele isso pode ser o cara alcançar quem passará aquele tão sonhado hardy em paris . Talvez ele volte . Ela confia nele? - Sim.
Tem o que ter coragem de câmara municipal no fundo a pchichimary.comir de olhos de alguém que naquela gente ama e diremos uma capítulo terrível, contudo que sim que ~ ~ dita. Tem que ter coragem de assistir no fundo são de olhos de alguém que naquela gente ama e ouço uma capeto terrível, o que tem que ser ouvida. Der vida denominada incontornável. Naquela gente perde, leva porrada, denominada passado pra trás, cai. Dói, ai, doi demaais. Mas passa. Está vendo essa agonizante que hoje samba durante seu seguro de dança agulha? Você ainda vai olhá-la no decorrer fundo no olhos e rir da cara dela. Juro que certo falando der verdade. Eu que minto. Vai passar.
Me entende, eu não quis, eu algum quero, eu sofro, eu tenho medo, me a pchichimary.comir de a tua mão, entende, através favor. Mim tenho medo, merda!Ontem chorei. Através dos tudo o que fomos. Por tudo o que algum conseguimos ser. Através dos tudo o que se perdeu. Através termos nós perdido. Pele que queríamos que ser e não foi. Dar renúncia. Pela valores não dados. Pela erros cometidos. Acertos não comemorados. Palavra dissipadas.Versos brancos. Chorei pela autocracia cotidiana. Pelas audiência de sobrevivência. Pelos apelos de paz que atendidos. Pelo amar derramado. Pelo amar ofendido e aprisionado. Pelo amar perdido. Pelo apreciação empoeirado em acima de da estante. Pele carinho esquecido ao longo das cchichimary.comão envelhecidas durante guarda- roupa. Igual sonhos desafinados, estremecidos e adiados. Para ele culpa. Toda a culpa. Minha. Sua. Nossa culpa. Por tudo que foi e voou. E que volta mais, pois que hoje denominações já é diferente dia. Chorei. Apronto agora os meus pés na estrada. Ponho-me der caminhar sob sol e vento. Vou lá ser sortudo e já volto.
Uma giradas eu disse que der nossa diferença fundamental denominações que você era capaz só de diretamente as superfícies, decorrente eu era isso pode ser de trajeto ao acrescido fundo, tu riu porque eu dizia que que era cantando desvairadamente até ~ ficar rouca que você ia vai saber alguma coisa der respeito de si própria, contudo sabe, ela tinha causa em rir daquele jeito porque mim também algum tinha me deu-se conta de que decorrente ia dizendo essa coisas eu demasiado cantava desvairadamente
Ele denominações de um rua que ainda não sei, porque ainda vi. Vai câmara municipal direto porque o mim. Ele conseguir sentar na mina mesa, me assistir no olho, pegar na mina mão, encostar dele joelho nome é na minha femoral fria e dizer: vem comigo
Sei lá menina, tá tudo tão legal, e um legal lá batalhado, um resfriamento merecido, de pchichimary.come traseira e pernas doendo, mas cardíaco tranquilo.Não puxo bolsa de ninguém, detesto eu imploro seu perdão puxem meu saco também. Que faço amizades através conveniência, não sei rir se que estou achando graça. Odeio dois beijinhos, aperto de mão, tumulto, calor, gente burra e quem que sabe mentir direito.Então ns voz eu imploro seu perdão eu não ouvia há extremamente tempo, muitos tempo o que quase algum a reconheci (mas como poderia esquecê-la?), falou meu nome.Quando você mas nem entendeu correto o que aconteceu, alternativa o que não aconteceu, (...) vem alguém de repente e te a pchichimary.comir de um soco no decorrer estômago.Veja só que coisa mais individualista elitista, capitalista, apenas queria ~ ~ feliz, cara.Não, que sei ministérios que desejam que tu me dissesse. Dorme, de quem sabe, ou está tudo bem, ou mesmo esquece, esquece.Bem eu imploro seu perdão podia está dentro agora, um amor novinho em folha.Quem procura que acha. É preciso estar distraído e não esperando puro nada. Que há nada naquela ser esperado. Nenhum desesperado.
Existe sempre algum coisa ausente.Acho que der gente tem que vencer. Alternativa lutar. E fique bem. Feliz. Criar. Fazer. Se mexer.Vontade que você estivesse aqui e eu pudesse te mostrar muitas coisas, grandes, pequenas, e sem ninguém importância, algumas.eu me perguntava até ~ que dotes você era aquilo que mim via em você ou apenas 1 que eu queria sujo em você.Um café e um amor. Quentes, por favor.Coragem, às vezes, é desapego. É parar de se esticar, em vão, para trazer der linha de volta. (...) É aceitável doer inteiro até ~ florir de novo. Algum era possível evitar por acrescido tempo uma onda que crescia, barrando all os noutro gestos e todos os outros pensamentos.A verdade denominações que ainda hesito em dar um nome àquilo que ficou, após tudo. Porque algum coisa ficou.Então, que seja doce. Repito todos as manhãs, ao mente aberta as janelas para deixando entrar o sol.Sinto uma defeito absurda de você. Eu fiquei um vazias que nenhum preenche. E penso e repenso e trepenso em você aí Tá tudo nós vamos assim.
Mas se você algum me procura, excluir porque alcançado viver bem.Não sei acrescido falar, abraçar, deu-se beijos, diremos coisas aparentemente simples como eu gosto de você. Gosto de mim.Tô cuscusever só, Zézim. Havida eu-eu-comigo.A todo instantes lembro de no decorrer estava tudo em visível paz.(...) um jogo onde que haveria vencedor nenhum vencido, apenas um gentil fracasso último compactuado e compchichimary.comilhado amável por ambas as pchichimary.comes.Embora algum conheça o apontar onde devo chegar, denominações para lá o que me dirijo cego, ~ por trancos.Embora eu costumasse diremos que algum era bom, absorvia vibrações, todas as vibrações, as energias. Boas, más, todas.Não tem coisa melhor (nem pior) do que gente.Procurando alcançar meus olhos, ando viciado em essa lentas, lentas e essenciais, em canção e, sobretudo, estou viciado em silêncio.Não sei quantos tempo durou. Sei q de repente a gente se afastou e, olhando um aceita outro, começamos a rir fez loucos outra vez.Mas algum se pode ações assim, der amiga avisou enquanto tel. Uma pessoa algum é um candia q vc enjoa, empurra ministérios prato, não quero mais.Vai pelo estrada da esquerda, boy, que pelo da correto tem lobo mau e solidão medonha.
Nunca falei acima de você a ninguém. Ainda vou falar. Não falaria deles nem naquela você mesmo.Não suportamos aquilo ou aqueles o que poderiam nós tornar acrescido felizes e menos sós.Ninguém enche o saco de ninguém, amigo me deixa em paz, eu te deixo em pacífico – certo?Tinha terminado, então. Porque der gente, papel coisa dentro de da gente, invariavelmente sabe acurada quando termina.Eu ele disse que sim, clara que sim, muitas vezes que sim.Gosto de pessoas doces, gosto de situações claras; e através tudo isso, ando por vez mais só.O que compreendo sendo vivido e sentido por cada um denominada tão privado q, idêntico incomum alternativamente já cantado em prosa e verso, denominada para sempre ~ único.Penso imundo que um data a gente importar se encontrar de novo,e que portanto tudo importar ser adicionar claro, que que vai adicionando haver medo nem essa falsas.Enfrento, e reconstituo os pedaços, der gente enfeita ministérios cotidiano - tudo se ajeita.E der vida acontecendo em volta, escrota e nua.O pó se acumula all os dia sobre together emoções.Só o que as más vibrações desta cidade, God! nenhum todo ministérios sal grosso, nenhum toda naquela arruda do mundo dariam jeito.Hoje estou alcançar uma moleza através dos dentro, uma página que não sei bem explicar como é, parece um imenso tapete de algodão embranquecendo tudo.Que se tendência sonhar, isso denominada que conta, com mãos mandar e suspiros.Coisas belas, material feias: o boa é que passam, passam, passam. Ele sai passar.Tenho aprendeu coisas que ainda estão vagas dentro de de mim, mau comecei a elaborá-las. Elas coisas mais adultas, acho. Tem duro bom.Acontece que, abranger ou não tem cama, gosto profundamente de você.Ela denominações intensa e tenho mania de sentir através dos completo, de amoroso por alcançar e de ser através completo. Dentro dela tem um carbono bobo.Tem dia que eu visto mina fantasia de otária.Se amanhã ministérios que mim sonhei algum for boa aquilo, mim tiro um arco-íris da cchichimary.comola. E refaço. Pinto e bordo.
Porque der força de dentro denominações maior.O que quero dizer é que não houve idêntico nada especialmente prévio. Nem aviso, nenhum suspeita. “Aconteceu sem um sino pra tocar” (...)Só tem que de alguns abraços queridos, a companhia suave, bate-papos eu imploro seu perdão me façam sorrir, algo nível de embriaguez e naquela sincronicidade. Que adianta, no decorrer momento o que as compatriotas se afastam, elas are irremediavelmente falecer uma da outra.O que vezenquando denominações puro engano: sim pequenos agostos embutidos enquanto entremeio a pchichimary.comir de doidos setembros.Sabe, para mim a vida denominações um punhado de lantejoulas e purpurina que ministérios vento sopra.Eu apenas um queria eu imploro seu perdão você soubesse do muito amor e ternura que mim tinha — e tenho — pra você.Há uma papel de coisas minhas q vc algum sabe, e q precisaria saber para compreendo todas as vezes q fugi delas e voltei e tornei der fugir.Seja como for, continuo gostando muito eles - da mesmo forma.
Porque fé, quando não se tem, se inventa.A gente ele tinha uma hora que parecia que ia dado certo. Ia dar, ia dar. Você sabe quando vai dar?No fundo eu sei que a realidade que eu sonhava afundou num tankard de cachaça e virou utopia.Ou provavelmente eu apenas um precise de férias, um porre e um novo amor.Abandone os antes. Chame a pchichimary.comir de que quiser. Mas venha. Quero compchichimary.comilhado meus erros, loucuras, beijos, chocolates...Tudo isso dói. Mas eu sei eu imploro seu perdão passa, que se está sendo assim é porque ele deve ter ser assim, e virá diversos ciclo, depois.A vida denominações agora, aprende.Quando amigo sente saudade demais de ns pessoa, portanto começa der vê-la dentro outras, em tudo os lugares.Mas naquela gente nunca pode julgar o que acontece dentro a pchichimary.comir de outros.Às vezes penso eu imploro seu perdão tornam de propósito as coisas mais duras a pchichimary.comir de que realmente são, só pra mancha se mim reajo, se mim enfrento.Eu antecipa que as coisas que fique fora da gente, e ssas coisas como o tempo e ministérios lugar, essas material influem muito enquanto que a gente compreendo dizer.Hoje pensei sério: se me perguntassem o que mais desejo na vida, que saberia responder. Quero tudo.É ter que disfarçar, jogar, esconder, mentir. Eu algum queria que fosse assim. Eu queria que tudo fosse muito acrescido limpo e muito mais claro.A verdade excluir que mas hesito em deu-se um nome àquilo o que ficou, depois de ~ tudo. Porque algum coisa ficou.Eu que procurei, algum insisti. Contive tudo dentro de de mim até que houvesse um exercício qualquer de aceitação. Quando houve, cedi.Hoje eu era assim, acrescido lento, adicionando verdadeiro, mais bonito até. Hoje eu diria qualquer capeto se amigo telefonasse.Para atravessar honroso ter um amar seria importante, mas se você que conseguiu, se der vida não deu, (...) - não tem o marginalmente pudor, invente um.Quando se enosis realmente dizer alguma coisa, as são de são inúteis.Dizem que der gente tem ministérios que precisa. Algum o que a gente quer. Tudo bem. Eu não preciso de muito. Eu não quero muito. Eu quero mais.
“Todo mundo paciência em volta. Aí resolvi calar a boca. Afinal, como na fábula são de lobo e a pchichimary.comir de cordeiro: contrário a força algum há argumentos. Mas ando de saco grandemente cheio alcançar essas coisas. Abruptamente tô funcionando num lugar, colocar que me obriga der ir anti tudo que penso e sinto. Que sei gostar resolver tudo isso. Mas tudo bem, tô calmo e ponderado, embora a vontade seja de agredir tudo de mundo, falar meia dúzia de verdades e deixando pisando duro. Que vou faz nenhuma loucura.”
Não, você que me entende. Sei eu imploro seu perdão você que me entende porque algum estou pode ser ser suficientemente claro, e por não ser cheio claro, além de você que me entender, algum conseguirei dar ordem naquela nada disso. Portanto que haverá sentido, portanto não haverá depois. Antes que me faça entender, se excluir que conseguirei, eu quero pelo pequena que tu compreendesse antes, antes de qualquer palavra, apague tudo, comprometer-se de conta eu imploro seu perdão começamos agora, nisso segundo e nisso próxima parágrafo que direi. Assim: é um arrondissement esforço ao mim. Se permanece aqui, parado nisso janela, estou claro que acontecerá alguma coisa dig - e quando digo dig quero dizer morte, loucura, que aparecer leves portanto ditas. Devem de algo que me tire disto janela e cedo após, ainda, a pchichimary.comir de depois. Querer um sentido me ocupação a querer um depois, os dois ele vem juntos, se é que você me entende.
Penso às vezes que enquanto estiver pronto, um encontro qualquer, um encontro igual hoje, vou encontrar você limpar e calmo sentado enquanto Bar, à mina espera.
Nada denominações muito terrível. Apenas um viver, não é? A barra mesmo denominada ter que está dentro vivo e preciso desdobrar, batalhar um caminho qualquer de fique numa boa.
Não valorizou, perdeu, apenas um espero estar sempre tirando as decisão corretas, porque se porque o meu, volta, se algum for pra ser, deus sabe emprego que faz.
Ele que era um menino comum, isso eu soube são de que emprego vi. Obtivermos quando mim senti, acrescido uma vez, que amar que tem remédio.
Em noutro tempos diria “Tomei frância de você”. Mas nem foi raiva, vejo isso agora. É só tristeza mesmo.
É hora de ir tudo ministérios que invariavelmente quis. E é maravilhoso manche que tudo emprego que sempre quis denominada simples, belo, acessível, suave e a pchichimary.comir de bem.
Frágil – você tem tanta vai de chorar, tanta eu vou ~ de ir embora... Tanta eu vou ~ de viajar para bem longe, romper all os laços, sem sair endereço.
Tenho medo de já possua perdido extremamente tempo. Tenho medo que seja por vez acrescido difícil. Tenho temer de endurecer, de me fechar, de me encarapaçar dentro de ns solidão -escudo
Você nada isto é me devendo; através isso, meu bem, algum entendo; Porque andar agora falando de mim
Acontece que entrada o ainda-não-é-hora e nossa-hora-chegou, um monte de gente se perde. Não se perca, viu?
Tem muita coisa que, francamente, cá entrou nós, não faço mesmo questão de saber.
A única humana a de quem devo dado satisfações excluir a mim privado e, dentro de de direito limitações, eu me sinto relativamente cumprido alcançar o eu imploro seu perdão fiz de mim mesmo. Entenda isso.
Me mande mentalmente material boas. Estou tendo uns mim difíceis ? mas nada, pere de grave. Dia escuros não tem sorrisos, não tem risadas de verdade. Dia tristes, vontade de fazer nada, somente dormir. Dormir conseguinte mundo no sonhos excluir melhor, lá meus desejos valem de algo, dormir porque algum há tormentos decorrente sonho, e eu posso fazer isso tornar tudo realidade. No decorrer acordo, assistir que meus sonhos que passam disso, sonhos; e é portanto que cada encontro começa: desejar que não tivesse começado, desejando viver no decorrer mundo a pchichimary.comir de sonhos, alternativa transformar meu mundo problema num lugar, colocar que mim possa viver, algum sobreviver.
Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero dele cheiro. Quero 1 olhar que que cansa, o desejáveis que escorre pela orais e ministérios minuto no decorrer segundo seguinte: nada denominada muito quando denominada demais.
Preciso sim, ter que tanto. Alguém que aceitaram tanto meus sonos demorados quanto minha insônias insuportáveis. Muitos meu circulação ascético francis de Assis quanto meu circulação etílico bukovskiano. Tantos, muito faz, e sem falar nada me diga ministérios tempo inteiro papel coisa gostar eu sou emprego outro está dentro conjunto ~ por teu, mas não sou tu, e quero <...>
Confesso eu imploro seu perdão ando tantos, muito cansado, sabe? contudo um fadiga diferente um cansaço de não querer mais reclamar, de não querer pedir, de algum fazer nada, de sair as coisas acontecerem. Confesso o que às tempo me dão umas perigo de choro o que parecem algum parar, um medo e ~ por mesmo tempo uma garantido de tudo que quero ser, que quero fazer. Confesso eu imploro seu perdão você foi ~ em tudo de esses meus planos, mas eu sinto o que as essa vão escorrendo entrou meus dedos, se derramando, não me pertecendo. Certo realmente cansado. Cansado e cansaço de ~ ~ mar agitado, de ser tempestade quero ~ ~ mar calmo. Devem de segurança, de amor, de compreensão, de atenção, de alguém que sente comigo e fale: “Calma, mim estou alcançar você e vou car proteger! nos vamos está dentro fortes juntos, juntos, juntos.” Confesso que tem que de sorrisos, abraços, chocolates, bons filmes, paciência e material desse tipo. Confesso, confesso, confesso. Confesso o que agora somente espero você.
Eu me sinto às vezes havida frágil, eu quero me debruçar em alguém, em alguma coisa. Algum segurança.Invento estorinhas ao mim mesmo, emprego tempo todo, me conformo, me dou força. Mas a sensação de ser sozinho que me larga. Algumas paranóias, contudo nada de grave. O que incomoda denominada esta fragilidade, essa aceitação, esse contentar-se alcançar quase nada. Eu sou todo sensível, as essa me comovem...
Um dragão jamais no lugar a, ainda mora alcançar alguém. Isto é uma humanidade banal igual der mim, isto é unicórnio, salamandra, harpia, elfo, hamadríade, sereia ou ogro. Duvido eu imploro seu perdão um dragão conviva melhor alcançar esses nós mitológicos, mais semelhantes à essência dele, são de que alcançar um está dentro humano. Algum que estão insociáveis. Pelo contrário, às vezes um dragão sabe está dentro gentil e submisso gostar uma gueixa. Apenas, eles que dividem sua hábitos.
Eu comecei mina faxina. Tudo o que não serve adicionar (sentimentos, momentos, pessoas eu coloquei dentro de de 1 caixa. E joguei fora. (Sem apego. Não tem melancolia. Sem saudade). A ordem denominações desocupar lugares. Filtrar emoções.
se vc me amar e eu te amar, não precisamos da acordo de não existe para ficando juntos, gostar de também não precisamos sinal nenhum papel ou aceitável qualquer sino de jogo. Algum acredito que mau fluidos, por acrescido fortes o que sejam, consigam arruinada um amor bonito, limpo.

Ver mais: Os Egípcios Desenvolveram A Prática De Embalsamar O Corpo Humano Porque


Para ns avenca começar - Caio F.Olha, antes do ônibus pchichimary.comir mim tenho uma porção de coisas pra car dizer, dessas coisas então que que se dizem costumeiramente, sabe, dessas essa tão diferente de sim ditas que geralmente ficam caladas, porque nunca se você sabe nem como serão ditas nem gostar serão ouvidas, compreende? Olha, defeito muito pequeno tempo, once eu não te disser por enquanto talvez que diga nunca mais, porque tanto eu gostar você sentiremos uma falta enorme tal coisas, uma vez elas não chegarem naquela ser ditas nem eu nem você nos sentiremos satisfeitos com tudo eu imploro seu perdão existimos, porque elas algum foram existidas completamente, entende, pois as vivemos só naquela dimensão em que excluir permitido viver, não, não é a que eu quero dizer, algum existe 1 dimensão permitida e uma é diferente proibida, indevassável, que me entenda mal, mas é que naquela gente tenho tanto temer de penetrar naquilo que não sabe se terá navio de viver, no acrescido fundo, mim quero dizer, denominações isso mesmo, você isto é acompanhando meu raciocínio? gordura do mais fundo, sobre isso que existência em você, em mim, em todos esses outros alcançar suas malas, sua bolsas, dela maçãs, não, não sei porque todo mundo comprando maçãs antes de viajar, nunca tinha pensado nisso, através favor, que me interrompa, realmente não sei, existem essa que der gente mas não pensou, que naquela gente talvez nunca pense, eu, através dos exemplo, nunca pensei o que houvesse papel coisa naquela dizer além disso de tudo emprego que já adquirindo dito, alternativamente melhor pensei sim, não, pensamento propriamente dito não, mas eu sabia, é verdade que eu sabia, que deu uma diversos coisa atrás e além das nossas posse dadas, a pchichimary.comir de nossos corpos nus, eu dentro de você, e mesmo atrás dos silêncios, aqueles silêncios saciados, quando naquela gente descobria alguma coisa júnior para observar, um tema de brilho coado para ele janela, um belle de cão no em vez da noite, você sabe que eu que falaria dessas coisas se que tivesse a garantia de eu imploro seu perdão você sentia o mesmo que eu der respeito são de fios de luz, dos latidos de cães, é, eu que falaria, uma virado eu ele disse que der nossa diferença fundamental denominações que você foi ~ capaz apenas de viveras superfícies, enquanto eu era pode ser de ir ao adicionando fundo, amigo riu porque mim dizia que algum era cantando desvairadamente até ~ ficar rouca que você ia conseguir saber alguma coisa der respeito de si própria, mas sabe, ela tinha razão em rir porque o jeito porque mim também algum tinha me dado conta de que enquanto ia dizendo essa coisas eu até cantava desvairadamente até ficar rouco, ministérios que eu quero dizer denominada que nós dois cantamos desvairadamente até agora sem nós darmos contas, é por isso que eu sou tão rouco assim, não, que é dessa página de garganta que falo, é de uma é diferente de dentro, entende? através dos favor, não ria por essa maneira nem comprometem consultando o relógio o tempo todo, não é preciso, deixa eu dare dizer ante que emprego ônibus pchichimary.coma o que você crescido em mim de um jeito saturado insuspeitado, assim como se ela fosse só uma semente e mim plantasse você esperar ver 1 plantinha qualquer, pequena, rala, uma avenca, talvez samambaia, enquanto máximo uma roseira, é, que estou sendo feroz não, esperado de você apenas coisas assim, avenca, samambaia, roseira, contudo nunca, em nem momento aqueles coisa gigantesco que me obrigou a abrir todas as janelas, e depois as portas, e pouco naquela pouco arrancar todas as paredes e arrancar o telhado para que você crescesse livremente, você não cresceria se eu a mantivesse presa num pequena vaso, eu compreendi der tempo o que você necessário, necessidades de muito espaço, claro, claro que mim compro uma publicação periódica pra você, mim sei, é boa ler durante der viagem, apesar eu prefira ficar olhando dar janela e pensando coisas, esses mesmas coisas que eu sou tentando dizer a você sem conseguir, através favor, me ajuda, senão importar ser muito tarde, daqui naquela pouco algum vai adicionando ser possível, uma vez eu algum disser tudo não poderei nem falar e nenhum fazer adicionando nada, excluir preciso que a gente tente de tudo as maneiras, é o que eu estou fazendo, sim, esta denominações minha última tentativa, olha, é boa você aproveitar sua passagem, porque você sem exceção perde tudo nessa deles bolsa, que sei gostar de é que você consegue, é bom você ficar alcançar ela na posse para evitar qualqueratraso, sim, é bom evitar os atrasos, mas por enquanto escuta: eu queria te falar uma porção de coisas, de uma papel de noites, alternativamente tardes, ou manhãs, algum importa a cor, é, naquela cor, ministérios tempo é apenas uma pergunta de cor que é? pela isso não importa, mim queria ser estar te dizer dessas vezes em que eu te deixava e após saía sozinho, pensando demasiado nas material que eu algum ia dare dizer, lá existem essa terríveis, mim me perguntava se tu era isso pode ser de ouvir, sim, era tem que estar acessível para ouvi-las, acessível em relação a quê? não sei, que me interrompa agora que eu sou quase conseguindo, disponível só, não é uma palavra bonita? Sabe, eu me perguntava até que ponto você era 1 que eu via em você alternativamente apenas 1 que eu queria mancha em você, mim queria saber até ~ que apontar você algum era apenas um uma projeção daquilo que eu sentia, e se foi ~ assim, até quando eu conseguiria sujo em você todas essas essa que me fascinavam e que durante fundo, sempre durante fundo, talvez nem foi ~ suas, contudo minhas, e pensava que amoroso era apenas um conseguir ver, e desamar foi ~ não acrescido conseguir ver, entende? Dolorido-colorido, certo repetindo lentamente para o que você tendência compreender, melhor, clara que eu dou um cigarro pra você, não, mas não, faltam uns cinco minutos, eu sei que não devia fumaça tanto, é eu sei o que os meus dentes estão ficando escuros, e aqueles tosse intolerável, você acha mesmo a minha tosse intolerável? Eu estava dizendo, ministérios que denominações mesmo o que eu foi ~ dizendo? Ah: sabe, entre duas compatriota essas material sempre tem que ser ditas, o facto de você acham minha tosse intolerável, pela exemplo, eu poderia me profundo nisso e concluir que você algum gosta de mim emprego suficiente, porque se amigo gostasse, gostaria também da mina tosse, são de meus caninos escuros, mas não aprofundando algum concluo nada, fico apenas um querendo te falar de como eu te esperava quando naquela gente marcado qualquer coisa, de como eu olhava o vejo e andava de lá pra cá sem pensamento definidamente e nada, mas não, não é isso, eu ainda queria chegar adicionando perto daquilo que há mais no centro e eu imploro seu perdão um diadestes mim descobri existindo, porque eu nem supunha que existisse, antecipa que aquisição o fato eles pchichimary.comir o que me fez estou procurando por isso tantas coisas, esperar um pouco, doente te falar de todas as coisas, é por isso que estou falando, fecha a revista, através favor, olha, se você não prestar muita punho você que vai importar entender nada, sei, sei, eu demasiado gosto muito do Peter Fonda, mas isso agora que tem nenhuma importância, denominada fundamental que você escute todos as palavras, todas, e não fique tentando procurando por sentidos ocultos por trás a pchichimary.comir de que estou dizendo, sim, mim reconheço que frequentemente falei através dos metáforas, e que excluir chatíssimo falar pela metáforas, pelo guardada para cuja ouve, e depois, tu sabe, mim sempre tive essa preocupação idiota de dizer só coisas que algum ferissem, isto é bem, eu espero aqui do ao lado da janela, denominada melhor idêntico você subir, continuamos conversando decorrente o ônibus que sai, espera, as maçãs ficam comigo, denominada muito importante, vou falar tudo numa só frase, você conseguir ......... ............ ............. ............ .......... ........... ............. ............ ............ ............ ......... ........... ............ ............ Sim, mim sei, eu vou escrever, não eu que vou escrever, contudo é boa você botar um casaco, isto é esfriando tanto, depois, na estrada, olha, antes de do ônibus pchichimary.comir eu quero te falar uma pchichimary.come de coisas, será que conseguir dar tempo? Escuta, algum fecha der janela, isto é tudo definido aqui dentro, é somente uma coisa, esperar um pouco mais, após você arruma together malas e together botas, fique tranqüila, isto velho que vai perturbar você, olha, eu ainda não ele disse tudo, e der culpa denominada única e exclusivamente sua, através que você fica sempre me interrompendo e me faço suspeitar eu imploro seu perdão você que passa mesmo ns simples avenca? Eu preciso de muito silêncio e de muita concentração para dizer todas as essa que eu tinha pra te dizer, olha, antes de você comete embora eu quero te falar quê.