*
As palavras abranger sentido dúbio confundem e, as mãos podem dizer adicionando do eu imploro seu perdão gostaríamos Foto: andrew Mello

George Bush filho levou der fama. Mas seu pai também cometeu sua sheep de trapalhadas. Em 1992, no decorrer uma visita naquela Austrália, o portanto presidente no Estados Unidos decidiu responder um grupo de agricultores aulas — ela protestavam contrário subsídios governamentais dados a produtores americanos — alcançar um gentil gesto de paz, na posição vertical os dedos indicador e são de meio ao cima. Aconteceu que, no aquecer do momento, Bush ele terminou virando der palma da posse para si mesmo, o que porque o os australianos equivale naquela um ruidoso vai-tomar-naquele-lugar-onde-o-sol-não-bate-nunca. Abranger tanta gente vinda de pontos tão distantes dá planeta, der previsão de gafes denominações tão certo quanto naquela de medalhas olímpicas. Para entender e ser compreendo nesta Babilônia, a Revista O chichimary.com preparou ns cartilha bem-humorada de etiqueta.

Você está assistindo: O que significa o sinal com 4 dedos


*
Cada pai tem um jeito difere de mutualismo Foto: andrew Mello

MÃO-BOBA: NEM o ‘JOINHA’ ESCAPA

Os mesmos dedo inocentes o que complicaram der vida de george Bush na austrália podem assume você em maus arco em vários de outros países. Reza a anedotas que naquela ofensa surgiu na ditadura dos cem Anos, abrangendo em que os franceses cortavam os dedo indicador e são de meio dos arqueiros ingleses. Os que ainda tinham dedo para mostrar começaram a exibi-los em forma de “V”, com a palma da mãos virada para si, para dizer: “Olha, mas tenho os meus!”. O povo gostou e o xingamento perdura até hoje.

A seara no impropérios gestuais é, na verdade, está bem rica. Em muita países, ministérios inofensivo “joinha” e o mesmo imaculado “Estou torcendo” (com os dedo cruzados) eles podem fazer mandar alguns interlocutores asiáticos e árabe para naquela lugar. O mesmo acontece no México, flexionando todos os dedo e virando naquela palma da posse para ministérios interlocutor, rente ~ por peito. Aliás, através dos lá, esfregar ministérios cotovelo demasiado é chamar alguém de mesquinho.

Uma curiosidade denominada que emprego chifrinho feito com as mãos pelos amantes dá rock obtivermos disseminado pelo cantor Ronnie james Dio, ex-vocalista dá Black Sabbath. Seus avó foi ~ italiana e, no decorrer país da macarronada, naquela invocação são de chifrudo abranger os dedos indicador e mindinho equivale ao nosso bater na madeira.


PUBLICIDADE

O jornalista americano Seth Kugel, escritor do canal dá Youtube “Amigo gringo”, ensina tenho dois a idade o gingado nova-iorquino para internautas brasileiros. Uma de suas apostas de gafe excluir o “OK”, feito alcançar dedão e indicador em círculo e os noutro três dedos para cima. No Brasil, gostar se sabe, a pode algum ser interpretado da maneira mais simpática possível ( na França, caminho “zero” ou alguém ou algo insignificante).

— Uma página que vai dar mangá é o sinal de lotado no taxistas (juntando all os dedos para cima). Isso, ao nós, algum significa nada. Pior, olhar um xingamento — naquela prevê naquela tragédia, com uma gargalhada. — minha dica sobre a melhor formato de lidar alcançar o esqueceram é continue sendo brasileiro: simpáticos e faço piada.

LÍNGUA-SOLTA: DA PROPINA ~ por BURRO

Na República tcheco (sem piadas!), toda bunda, seja sobrenome grande alternativamente pequena, tem o seu preço. E é comum exibi-las por aí. Antes de que sejamos mal-interpretados, a palavra usado para nomear as nádegas em portugal significa “jaqueta” por aqueles bandas. A jardim de palavra que têm sentido dúbio é imensa. E as opportunities de cometer um deslize crescem na mesmo proporção. Ficar alcançar cara de interrogação quando um italiano chega dando tchau (“ciao” excluir usado antes de e depois de ~ uma conversa) excluir um clássico. Não tem contar alcançar a birra (cerveja, em italiano), emprego burro (manteiga, em italiano), a propina (gorjeta, em espanhol), o subir (sofrer, em francês), der pica alternativa a bicha (injeção e fila, em Portugal)...


Lembra da música “Conquista”, da dupla Claudinho e Buchecha (aquela eu imploro seu perdão dizia: “Sabe churururu”)? lá Buchecha nunca tinha reparado o que cantava: “com amigo tudo fique blue”. Aconteceu que “blue”, em inglês, quer dizer “triste” e não “feliz” ou “bem” gostar de dizemos no Brasil. O cantor, o que fez dezenas de dúzias de mostra nos afirma Unidos e enquanto Japão, jura que ninguém nunca reparou no erro de semântica.

— espero que algum mudaria a letra, não! É licença poética — diz rindo. — só tive problema uma vez, na Argentina. Era fazendo cooper alcançar o Claudinho e gritei: “Claudinho, mouros correr!”. Não sabia eu imploro seu perdão significava faz sexo. Der menina da gravadora tampou minha boca e eu mas repeti: “Ué, gente! Quero correr”. Às vezes, der gente forma de pagamento o maior micão, crente que está abafando.

Para lidar com estrangeiros, der relações-públicas Nina Kauffmann sugere: a) evite disse de polícia e religião; b) para cumprimentar, apenas estenda naquela mão.

REBOLANDO: O corpo FALA

Cumprimentar um esqueceram exige diplomático digna do Itamaraty. Brasileiro abraçam, beijam, se tocam; russos dar selinho; franceses, dois beijinhos, mas algum se abraçam; americano se sentindo-me mal alcançar o superabundância de intimidade — já houve até ~ cartilha o que pregasse 33 centímetro de distância entre interlocutores —; e japoneses que têm comunicação algum. A professora de chineses Ju Bao, que até ensina sua conterrâneos naquela se virarem na selva carioca, ressalta vários por exemplo de como essa convivência isso pode ser confusa. Na China, que se incêndio pessoa adicionar velha pelo nome (nunca pergunte ministérios nome dá pai de um chinês), que se abre o demonstrado na hora em o que se recebe, não se racha a conta, algum se pega um cartão abranger uma mão só. Mas excluir normal comer de boca mente aberta e entreter de cócoras. Aos elogiar um jogadoras chinês, aprender que: enquanto enaltecer uma peculiaridade nata (inteligência, por exemplo), ele irá agradecer. Contudo se exaltar uma peculiaridade aprendida (falar está bem inglês), naquela sempre irá negar e responder algum como “ainda tenho um longo estrada para percorrer”.


Lícia Egger-Moellwald, professora de Cerimonial, código e Etiqueta da universidade Anhembi Morumbi, lembra que dá para aproveitar uma pista de como proceder tendo em lembrar que ministérios mundo se divisão em dois: os monocrônicos e os policrônicos. Ao os em primeiro lugar (alemães, japoneses, americanos, por exemplo), der pontualidade é uma ciência — Lula aquisição criticado, em 2006, por atraso um minuto em um encontro alcançar a rainha elisabeth II. Emprego monocrônico excluir objetivo, não aceitável ser pare e é pouco tolerante. Já os policrônicos (brasileiros, francês e marroquinos, por exemplo) vão chamado do parceria e dá tempo adiantado ir ~ por que interessa.

Ver mais: Os Homens Mais Ricos Do Nordeste, Forbes: Ranking Tem 21 Bilionários Nordestinos

— a percepção a partir de tempo muda. Mas tiramos as diferença de letra.


O chichimary.com, um jornal nacional: Fique pela dentro da evolução do jornal adicionando lido são de Brasil