Devido à alta demanda física e psicológica de trabalho, os músico possuem grande ameaça de evolução uma placas de problema de saúde. As maiores causa de desordens musculoesqueléticas observadas em instrumentistas são excesso de uso, compressão nervosa e distonia focal. Ministérios objetivo deste artigo é definiram as desordens musculoesqueléticas que acometem com maior freqüência os violinistas e violistas profissionais. Ser estar lidos 50 artigos, desses, 24 foi ~ utilizados. Naquela escala PEDro adquirindo utilizada para atestar der qualidade dos artigos. A definir dos fatores de ameaça pode ajuda na desenho de programas de prevenção. Tocar instrumentos musicais envolve associação de ações, consiste em movimentos rápidos, repetitivos e complicados das mãos e dedos. Together cadeiras que oferecem outra seleção senão a adaptar do corpo adiante às exigências posturais. Para alcançar destreza necessária para se eu não ligo um músico de alto nível, são necessárias muitas hora de educação e aperfeiçoamento. Ministérios pescoço, ombro e a acoplamento temporomandibular são os acrescido afetados em débito à localização prolongada de prejudicado da cabeça e ombro para guarda o violino, cotovelo e dedo também eles são alvos de desordens. É necessário alertar aos músicos de como são os sintomas inicial para evitar que o incomodar se agrave. Faz de prova I, centrado de Medicina baseada em Evidência, Oxford, reino Unido.

Você está assistindo: O que é bom para tendinite no pulso

Músculo esquelético; doenças profissionais; grupo de risco


Due come the high physical and psychological demands of your work, musician have a high risk of developing der range of wellness problems. A main reasons of musculoskeletal disorders checked out in instrumentalists are overuse, nerve compression e focal dystonia. The aim the this record is come identify the musculoskeletal obstacle that most frequently affect professional violinists e violists. 50 posts were read, of which 24 to be used. The peter scale was used come determine a quality of ns articles. A definition of risk components can help in ns development of avoidance programs. Playing der musical tool involves der combination that actions, consisting of rapid, repetitive e complicated activities of a hands e fingers. The chairs used offer enquanto other choice than to it is adapted to ns demands of corpo humano posture. To achieve ns necessary an abilities to become naquela musician of a high standard, plenty of hours that training e perfection ~ ~ required. Ns neck, shoulder and temporomandibular joints ser estar the most commonly affected areas, early to lengthy flexion of ns head and shoulder forced to hold a violin. Ns elbow e fingers estão also common local of disorders. It is crucial to warn musician of a initial symptoms, e how they have the right to prevent ns disorder em ~ worsening. Level I evidence (Centre porque o Evidence-Based Medicine, Oxford, UK).

Muscle, skeletal; work diseases; hazard factors


ARTIGO DE REVISÃO

Desordens musculoesqueléticas em violinistas e violistas profissionais: emenda sistemática

Geraldo fabiano de Souza Moraes; Adriana Papini Antunes

Universidade federal de Itajubá campus Itabira, MG, Brasil

Endereço porque o correspondência

RESUMO

Devido à alta demanda física e mentalidade de trabalho, os músicos possuem grande risco de desenvolver uma variedade de problema de saúde. As maiores causas de desordens musculoesqueléticas observadas em instrumentistas são excesso de uso, compressão nervosa e distonia focal. Ministérios objetivo deste artigo é identificar as desordens musculoesqueléticas eu imploro seu perdão acometem com maior freqüência os violinistas e violistas profissionais. Foram lidos 50 artigos, desses, 24 foi ~ utilizados. Naquela escala PEDro aquisição utilizada para atestar der qualidade no artigos. A justiça dos elementos de risco pode ajuda na elaboração de programas de prevenção. Tocar instrumentos musicais envolve combinação de ações, incluindo movimentos rápidos, repetitivos e complicados ns mãos e dedos. As cadeiras não oferecem outra oportunidade senão a adaptação do corpo adiante às exigências posturais. Para alcançar destreza necessário para se eu não ligo um músico de alto nível, são necessárias muitas hora de educação e aperfeiçoamento. Emprego pescoço, ombro e a articulação temporomandibular eles são os mais afetados em débito à posição prolongada de flexão da cabeça e ombro para mantém o violino, cotovelo e dedo também são alvos de desordens. É necessário alertar aos músicos de como são os sintomas inicial para prevenção que o incomodar se agrave. Grau de prova I, centro de Medicina baseada em Evidência, Oxford, reino Unido.

Descritores: muscular esquelético/lesões. Doenças profissionais. Fatores de risco.

INTRODUÇÃO

Devido à alto demanda física e psicológica de trabalho, os músicos possuem grande risco de desenvolve uma variedade de problema de saúde. Os músico que tocam instrumento de sopro podem ter estresse dental e aumentar da pressão intra-ocular e os o que tocam instrumento de corda eles podem fazer ter dermatites e desordens musculoesqueléticas.1

Violinistas e violistas normalmente sofrem de incapacidade na mandíbula, costas, pescoço, ombro e mãos, esses perturbação podem está dentro musculares alternativa nervosos.2 as desordens são causadas por repetitividade, posturas inadequadas e estresse causado por permanecer através dos tempo prolongado na localização sentada ou transportando instrumentos.3 together maiores causa de desordens musculoesqueléticas observadas em instrumentistas são superabundância de usar (overuse), compressão nervosa e distonia focal.3-5 agonizante é o maior sintoma de lesões pela overuse e músicos que tocam instrumentos de corda elas os mais acometidos3.

Existem fatores intrínsecos e extrínsecos para isto desordens. Der relação entrada o músico e sua instrumentos excluir o concentrado de analisadas ergonômica e treinamento biomecânico, o orientação postural é essencial, levando naquela posições adequadas de pescoço e mãos.1

O trabalhar dos violinistas e violistas exigir uma localização sentada enquanto todo o período do ensaio e apresentação. Esses procuram o ao melhor posicionamento são de corpo, buscando balanço e distribuição dá peso alicerçada para vai maior ao controle motor e autenticado dos movimentos na execução instrumental.6

Este artigo justifica-se pela cobrar de definiram as principalmente desordens eu imploro seu perdão acometem esses profissionais para que isto é possível, posteriormente, a elaboração de planos preventivos.

O objetivo deste artigo é identificar as desordens musculoesqueléticas eu imploro seu perdão acometem alcançar maior frequência os violinistas e violistas profissionais.

MATERIAIS E MÉTODO

Foram usado artigos, dissertação e dissertações, buscados nas básico de dados, Medline, Lilacs, Cochrane e chichimary.com. As palavras chave utilizadas ser estar desordem musculoesquelética, lesões, músico em português, inglês e espanhol. Foram selecionados somente postagens em português, inglês e espanhol, sem alcance de data. A Tabela 1 fornece detalhado sobre a associação de palavras-chave na busca nos básico de dados. Obtivermos utilizada também procurar manual de bibliografias em revistas, livros, através autores chave e em formação relevantes.


Critérios de consiste em e exclusão

Foram incluídos estude que mencionaram instrumentistas de corda, instrumento de corda com arco, violinistas e violistas. Estudos que não relataram emprego tipo de músicos ou instrumentos utilizados foi ~ excluídos. (Tabela 1)

RESULTADOS

Dos postagens encontrados pelas base de dados e pela procurar manual, 58 artigos foram potencialmente selecionados e lidos. Desses, 30 atenderam ~ por critérios de incluindo iniciais de foi ~ utilizados. A Figura one detalha a busca. Naquela escala PEDro adquirindo utilizada ao atestar naquela qualidade no artigos. (Tabela 2)


DISCUSSÃO

Tocar instrumento musicais envolve uma grande combinação de ações, incluindo movimentos rápidos, repetitivos e complicados ns mãos e dedos. Ministérios que requer grande esforço são de músculos, ligamentos e ossos.7 De acordo alcançar Foxman et al.1 e Lederman8, violinistas têm quatro vezes mais dor durante antebraço direito. Hagberg et al.9 encontrou que violinistas têm duas vezes adicionar risco de qualificado no pescoço, ombro correto e antebraço esquerdo, enquanto comparados alcançar pianistas.

Fry10 relata eu imploro seu perdão os perturbação musculoesqueléticos são comuns em músico e se apresentou por qualificado e voltagem músculo-ligamentar, fraqueza muscular e derrota do ao controle motor nós segmentos afetados.

Os problemas musculoesqueléticos acrescido observados em músico são: excesso de uso (overuse) 50%, compressão nervosa alternativa síndrome dá desfiladeiro torácico 20%, distonia focal distance 10%.1

Em seu estudo, Lederman8, observado que nós instrumentistas de corda, 69% tinham problemas musculoesqueléticos, 19% nervos periférico, 5% distonia focal e 7% outros. Ostwald et al.11 e Hayden12, constataram que 62% dos violinistas e violinistas sofrem de prejuízo submandibulares causados pela forma gostar eles apóiam os instrumentos.

Os sintomas inicias, o que frequentemente, aparecem são dores, quase certo 85% a partir de casos, queimações, cansaço, membro sólido em 1 ou acrescido partes do corpo e eles podem surgir mesmo depois de ~ pouco tempo de atividade.5,8,11

A síntese da revisão bibliográfica determina, na maioria a partir de vezes, que ministérios fator responsável pela desordem musculoesquelético em músicos é biomecânico. Contudo acredita-se que outros aspectos devem está dentro considerados ~ por se apontarem os fatores determinantes então disfunções.

São grupo que predispõe vir adoecimento: o conseguir um aumento súbito das sessões vir instrumento, ministérios condicionamento físico inadequado, os hábito errôneos na prática instrumental como a defeito de aquecedor e esticam musculares, as perguntar técnicas são de instrumento como pegas com tensão e força excessiva, der troca de instrumento, naquela reabilitação inadequada de prejuízo prévias, together posturas e emprego uso inadequado a partir de corpo. Questões de variabilidade anatômica separado e de gênero, ministérios uso de cadeira inapropriadas, a execução de atividade extras musical que estressam naquela musculatura, naquela qualidade são de instrumentos utilizados, as doença ambientais, como baixo iluminação e temperatura, demasiado são fatores relevantes.1,2,8,11

As intercâmbio de repertório alternativamente de instrumento também são elementos de risco. Emprego repertório respeitável parâmetro crítico em relação ~ por níveis de força e pressão fabricação durante der performance, interagindo alcançar os acessório acrescentados ao instrumento, gostar de a queixeira. O fator de risco mais influente, contudo, diz respeito aos aumento do tempo de uso a partir de instrumento e de prazo de ensaio.1,2,8,11

Lesões musculoesqueléticas elas definidas gostar de um definir de afecções que eles podem acometer emprego sistema músculo-esquelético, isolada alternativa associada, alcançar ou não tem degeneração de tecidos, influência principalmente, membros superiores, área escapular e pescoço.13 segundas Brito et al.14, isto lesões você pode se apresentar sob variedade formas, gostar de afecções musculotendíneas, compressões nervosas ou disfunções motoras.

Os sintoma musculoesqueléticos eles podem variar a partir de desconforto e ele pode fazer piorar e levar a lesões túmulo e conseqüente inabilidade e distância da profissão e demasiado interrupção da rotineiramente doméstica.15,16

Em um aprender retrospectivo porque o saber together razões por quais os músicos procuravam médico ortopedistas no cerca de de 1994 der 2001, Nourissat et al.17, verificaram que dois terços do rude de 227 músico apresentavam papel desordem do sistema músculo-esquelético.

Em dele estudo, Andrade e Fonseca18 encontraram que ministérios tipo de instrumentos teve pouca relevante na geração de desconforto físico, mas naquela viola e ministérios contrabaixo apresentaram maior proporção de indivíduos que tiveram o que interromper a trabalhar instrumental.

No entanto, estude epidemiológicos encontram resultados muito divergentes quanto à prevalência normal de problemas num somente instrumento: ora são os violinistas e violistas adicionando acometidos pela problemas, ora estes apresenta menos sintomas.19

Um aprender que investigou negativo temporomandibular em 92 músicos, ser 22 violistas e violinistas, encontrado que 25% a partir de músicos tinham histórico de problema temporomandibular, sendo 18,18 instrumentistas de cordas. Estalos foram conheceu em 54,54% dos músicos de corda.20 ministérios posicionamento do antiguerrilha e mandíbula no decorrer instrumento, der pressão excessiva para segurar o instrumentos e oclusão com força excessiva, eles são as razão primárias da defeituoso temporomandibular. Ser estar encontrados adicionando problemas nós violistas. Violinistas e violistas sintomáticos podem alterar sua técnica para cair a força causada pelo instrumento na mandíbula, reduzir a qualificado e der disfunção.20,21

A coluna cervical também pode ser afetada devido à prolongada localização da cabeça e pescoço usada para regular o instrumento. Posição essa que pode causa raiz espasmo músculo e compressão nervosa. Tocar qualquer instrumento exige trabalhar de autenticado de mão e dedos, ministérios que requer atividade estabilizadora da músculo da área do antiguidade e ombro8,22-26.

No aprender de Nyman et al.22, houve prevalência de agonizante no antiguerrilha e ombro de 35,3% no grupo contendo violistas e violinistas. Hagberg et al.9 encontraram eu imploro seu perdão violistas e violinistas tem naquela incidência de agonizante no pescoço, ombro, cotovelo e antebraço maior no decorrer comparados com pianistas.

O violino e der viola requerem ns posição extremo de rotação externo de ombro, altura de pobre e supinação máxima constante do antebraço esquerdo o que ele pode levar der bursite e tendinopatias são de músculos são de ombro. Naquela conseqüente taxa sobre os tratar da musculatura adjacente ao ombro pode razão lesões através overuse, e deve ser considerado que a manutenção da elevação do braço aumenta a pressão intramuscular.19,22,26 Os violistas relatam mais dor em ombro e braços devido aos maior peso e tamanho da viola, comparada ~ por violino.27

Violinistas e violistas eu mostrei uma predominância em desordens no membro superior esquerdo gostar tendinite e síndromes compressivas. Der mão lado esquerdo de violinistas apresenta em prateleira de duas vezes adicionando problemas do que naquela mão direita, podendo estar isto incorridos da posição adicionando dificultosa em eu imploro seu perdão se achar punho e dedos para uma prática o trabalho de dedilhado.19 Os flexores e extensores da mão para a direita são usado para ao controle o arco e os músculo que mantêm a mão esquerda em desvio ulnar então como os extensores dos dedo também podem apresentar overuse.8,12,19,21

A manter da atitude sentada no todo o abrangendo de prática, associada à postura técnica criança adotiva pelo violinista e violista, representa fator significativamente de desconforto para a realização da atividade, devido aos aumento a partir de esforço muscular para a manutenção ns posturas e à redução dá fluxo sanguíneo, emprego que favorece o aparecimento de processos álgicos.6,22

As cadeiras, por algum apresentarem dispositivos de ajustes, não oferecem outra oportunidade senão a ajustamento do corpo frente às exigências posturais eu imploro seu perdão se colocam ao tocar ministérios violino.6

As perguntar posturais estaria associadas ~ por desconforto em pelo guardada 90% no músicos no estudo de Andrade e Fonseca.18

De acordo alcançar Medoff e Hallberg28, os problemas adicionar comuns durante der postura sentada são o mal posicionamento dos pés, rotação pélvica, aumento da lordose lombar e deles rotação para a direita, retificação torácica, altura de ombros e cotovelos, cabeça fletida e volta para a esquerda.

O fato tal músicos, diariamente, ocuparem der mesma posição dentro dá posto de trabalho condiciona der postura corpo no manuseio são de instrumento e a direção do assistir para a partitura, existência que der leitura da partitura excluir feita através duplas, e ministérios maestro. Quando naquela posição é modificada, fazem-se necessário modificações são de movimentos alcançar o violino/viola e os as configurações no plano de visualizar para a leitura da partitura e a observação a partir de gestos do maestro. Esses definições geram exigências fisica nos arranjos posturais, especial porque aqueles troca na posição da fila algum ocorre alcançar frequência, ministérios que impossibilita naquela automatização enquanto uso dá corpo.6,22,27

O violinista/violista pratica em três ambientes diferentes, o salão de ensaio e enquanto teatro, emprego palco e ministérios fosso, existência que emprego mobiliário do salão de ensaio denominações diferente dá palco e do fosso ministérios que exige adaptações de localizar da assento e da estante para melhorar a visualização dá maestro e da partitura.6,22

Segundo Ostwald8, redução são de tempo de prática, aquecimento antes de tocar, incorporar período de principal durante os treinos, correção de técnicas erradas, alimentação e hidratação correto auxiliam na evitar de lesões. Assim como informações adequado para o músico, atitudes ergonômicas representadas através postura apropriado em casas e no trabalho, utilização do mobiliário adequado, conscientização referente aos problemas posturais gostar de forma de prevenção de doenças.29

Modificações da técnica errada, alterações a partir de hábitos de prática, período de descanso, treino de posturas corretas, alongamentos regularmente e usar de apoio, suporte para queixo e ombros auxiliam no curar de diversificado alterações.4,8,10,11

O uso de apoio para emprego queixo (queixeira) e de grampo na região são de ombro, ligar espaldeira ou espaleira, em alturas adequado podem obsceno o desconforto, idênticas que aumentem em até 20% ministérios peso dá instrumento.27

De acordo com o estude de Levine e Irvine30, emprego biofeedback tem fixo utilizado como forma de curar e prevenção, na tentativa de minimização tensões desnecessárias, predomínio em violinistas. Para atingir destreza necessário, necessidades para se eu não ligo um músico de máximo nível, são necessárias muitas horas de educar e aperfeiçoamento, emprego que ele pode levar estou vivendo de prática para que dessas "perfeição" seja atingida. Naquela prática excessiva ele pode fazer predispor ao surgimento de prejuízo leves à graves.

Ver mais: H O Que É Uma Sugar Baby - From The Magazine: Sugar Babies

CONCLUSÃO

O pescoço, ombro e a articulação temporomandibular elas os adicionando afetados devido à posição prolongada de prejudicado da cabeça e ombro para segurar o violino, cotovelo e dedos também eles são alvos de desordens. É essenciais alertar ao músicos de gostar são os sintomas iniciais para evitar que o distúrbio se agrave.

Como naquela prevenção excluir a ao melhor estratégia. Posturas incorretas, métodos incorretos e grande discrepância entre o tamanho a partir de músico e violino ter que ser evitados, e, se já existentes, corrigidos. Manutenção são de instrumento e utilização apropriado de mobiliário que devem ~ ~ esquecidas.

Na maioria são de pesquisar não são citadas as categoria específicas no instrumentos musicais. Poucos estudos privado sobre desordens musculoesqueléticas em violinistas e violistas foi ~ encontrados, emprego que torna necessários mais aprender relevante à aqueles população.

Trabalho realizado na Universidade federal de Itajubá - campus Itabira.

Todos os autor declaram não haver ainda potencial conflito de entendimento referente a aquela artigo.